Nota de Solidariedade - SINTRASEM

03/08/2018

Os trabalhadores do Serviço Público Municipal de Florianópolis representados pelo Sintrasem, vem manifestar seu apoio e repudiar a medida autoritária da Pró-Reitoria de Desenvolvimento da Gestão de Pessoas (PRODEGESP) que nega os direitos da trabalhadora Juliane de Oliveira, trabalhadora administrativa da UFSC.

Juliane é uma técnica administrativa em educação (TAE) que foi reprovada do estágio e está sendo negado o seu direito de recurso das avaliações, bem como, sendo ignorada a avaliação positiva do atual local de trabalho.

Infelizmente, na atual conjuntura de ataque de direitos, situações de injustiça com os trabalhadores estão cada vez mais comuns, com processos cheios de vícios e ilegalidades. Casos como estes precisam ser combatidos com unidade da classe trabalhadora!

Nos unimos as diversas organizações dos trabalhadores e movimentos populares que apóiam Juliane, na perspectiva de que a trabalhadora tenha respeitado todos os seus direitos.

Estamos juntos na defesa do serviço público e dos direitos da classe trabalhadora!


#Sintrasem #DefesaDireitos #DefesaServiçoPúblico